MÚSICA E EDUCAÇÃO ÍNDIGENAS

    Aspectos da transmissão musical da sociedade tupinambá no Brasil colonial – Rafael Severiano.
Estudo documental e bibliográfico, de abordagem etnomusicológica, no qual se busca compreender, a partir de relatos históricos, aspectos da transmissão musical da sociedade Tupinambá no Brasil colonial. Estudos sobre tal sociedade evidenciam que os diversos saberes culturais eram mantidos e transmitidos mediante práticas costumes e rituais repetidos nas mesmas ocasiões e oportunidades. Estas práticas eram então, além de celebrações, o momento onde um conjunto de saberes era transmitido às gerações mais novas pelas mais velhas, sendo um locus de circulação e apropriação de saberes: as gerações mais velhas educavam as mais novas para seguirem com o modelo social. A suposição é que os saberes musicais eram transmitidos da mesma maneira: prática cultural. A metodologia consta de análises dos relatos históricos interpretados a luz de estudos bibliográficos, pressupostos da Etnomusicologia, Educação e Etnologia ameríndia, por exemplo, além de uma ampla contextualização os diversos contextos da sociedade em questão, sobre tudo os musicais. O recorte temporal focaliza os séculos XVI e XVII, período que as principais fontes foram produzias. Como contribuição geral, pretende-se aprofundar os conhecimentos sobre os Tupinambá, em especial sobre aspectos musicais. Os resultados parciais confirmam a suposição levantada.

Endereço:

Av. Gov. Magalhães Barata, nº 611

Belém, Pará, Brasil - CEP:66.060-281

Telefones

+55 (91) 3249-2905 / 3222-9140 - Ramal:48

Fale Conosco
  • Profª Líliam Barros - sonchada@gmail.com
  • Profª Sonia Chada - lbarros@gmail.com

    twitter facebook rss

Desenvolvido por: Pedro Filho (pedro.ufpa@hotmail.com)